Qual a diferença entre crossfit e treinamento funcional?

Atualmente existe uma grande confusão entre as semelhanças e diferenças das modalidades crossfit e treinamento funcional. Talvez, os equívocos aconteçam devido a alguns aparatos e movimentos utilizados. Porém, apesar de serem similares, as duas atividades diferem por trabalharem de formas distintas com a intensidade, foco do treino e origem.

+ Crossfit ou treinamento funcional: qual é melhor?
+ Crossfit e treinamento funcional têm os mesmos exercícios?
+ Treinamento funcional: como funciona?

O crossfit tem, por essência, exercícios de alta intensidade – método baseado em potência, ginástica olímpica e características que vêm do Power Lifting, o esporte de levantamento competitivo de pesos (em modalidades como supino reto, agachamento e levantamento terra).

De qualquer maneira, o crossfit acaba emprestando diversos movimentos e conceitos do treinamento funcional, uma vez que também utiliza dos movimentos naturais do corpo humano, sem focar, no entanto, nos exercícios do dia a dia de uma pessoa.

Diferenca-crossfit-treinamento-funcional

Já o treinamento funcional, em sua essência, trabalha com os movimentos funcionais das pessoas, ou seja, com as atividades que elas precisam realizar em sua rotina. Assim, a intensidade e volume dos treinos são baseados na individualidade de cada um.

Devido a essas características, o treinamento funcional não fica limitado apenas a alguns movimentos específicos, trazendo elementos de várias modalidades, a fim de enriquecer o treino como um todo.

Em alguns casos, os elementos do crossfit podem ser trabalhados no treinamento funcional, como o agachamento e levantamento terra, dentre outros. A grande vantagem do treinamento funcional, no entanto, é a possibilidade de modulação de intensidade e diversidade de elementos, que não são restritos ao treino de alta intensidade, ginástica olímpica e Power Lifting.

Tanto o crossfit quanto o treinamento funcional contam com metodologias que buscam condicionar o aluno de forma mais abrangente, evitando ser muito específico – como acontece em outros treinos de modalidades mais direcionadas.

A metodologia de treinamento funcional utilizada pela Academia Mobi Dick classifica o aluno em uma categoria (Iniciante, Intermediário ou Avançado), de acordo com o padrão fundamental de movimento que ele apresenta. A partir dessa classificação são trabalhadas continuamente as habilidades e limitações de cada um, a fim de promover o progresso de níveis e o alcance dos objetivos desejados. Entre em contato e agende uma aula experimental!